9 de mar de 2008

O senhor dos anéis - parte II


O messias Judaico

Quando qualquer religião (como o islã) que nega os ensinamentos do Senhor Jesus abre uma porta para que o espírito do engano comece a operar e criar profecias diferentes do Apocalipse verdadeiro. No caso dos Judeus o velho testamento foi interpretado de forma errada, textos com sentido espiritual (Isaías 2:2-4, Miquéias 4:1-3) receberam uma interpretação totalmente materialista.

Abaixo segue um resumo do artigo do Rabino Aryeh Kaplan sobre as profecias do Messias Judaico (O Anticristo):

“O Messias será um ser humano normal, nascido de pais humanos. Conseqüentemente, é possível que até já tenha nascido.”

O Messias será o maior líder e gênio político que o mundo já viu....A tradição menciona que este será um descendente direto do Rei David...”. Existem inúmeras famílias judias hoje que podem traçar sua descendência diretamente ao Rei David.”

Usará seus talentos extraordinários para precipitar uma revolução mundial ...

Ele supervisionará a reconstrução de Jerusalém, inclusive o Terceiro Templo ( Nada impede que o anticristo construa também um templo para sua própria exaltação).

Ele restabelecerá o sistema sacrifícios, como também as práticas do Ano Sabático (Shmitá) e o Ano Jubileu (Iovel). (Assim como o povo de Israel adorou o bezerro de ouro e mataram muitas pessoas, o mesmo ritual se repetirá com a imagem da besta).

E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. (Apocalipse 13 : 15)


O Messias revelará todos os significados da Torá à perfeição, a escrita profética não será mais necessária.

O Messias usará este poder para determinar em qual tribo cada judeu pertence. Então, dividirá a Terra de Israel em heranças terrestres onde cada tribo receberá sua parte.

Esse artigo deixa claro que os judeus aguardam um messias de carne e osso. Infelizmente não são poucos os filmes evangélicos que condicionaram a população durante anos dizendo que o Anticristo e a Besta do Abismo são a mesma pessoa. Nada poderia estar mais longe da verdade! Quem dará o poder para o Anticristo governar é a Besta do abismo ou o deus estranho descrito pelo profeta Daniel:

Com o auxílio de um deus estranho agirá contra as poderosas fortalezas; aos que o reconhecerem multiplicará a honra, e os fará reinar sobre muitos, e repartirá a terra por preço. (Daniel 11 : 39)

Quanto a origem do messias judaico o Rabino Kaplan diz algo muito importante: “Existem inúmeras famílias judias hoje que podem traçar sua descendência diretamente ao Rei David.”

A dinastia merovíngia, da qual a Inglaterra faz parte, possui descendência do rei Davi. Por esse motivo Baha’u’llah enviou uma epístola para a Rainha Vitória dizendo que da sua descendência nasceria o grande Executivo mundial.

Mas o senhor das religiões pagãs tem muito mais para oferecer aos judeus do que apenas sinais místicos. O anel do engano, do poder, da manipulação humana e da avareza será entregue ao messias judaico.

Como Baha’u’llah é o poder legislativo, caberá ao poder executivo do Anticristo cumprir as suas leis. A nova legislação ainda está em oculto para os Judeus, pois ela somente será revelada quando o Anticristo ensinar o ocultismo contido no Torá como descrito pelo Rabino Kaplan: “ Messias revelará todos os significados da Torá à perfeição, a escrita profética não será mais necessária.” (Nesse caso "à perfeição" é representada pelo número 9).

O Anticristo convencerá os Judeus a trocarem o Torá pelo Kitab-i-aqdas. Como essa troca estará envolvendo muito dinheiro, alias toda a economia do mundo, os judeus aceitarão com facilidade essa ordem; além do mais eles repartirão a terra em 10 partes. Que poderia muito bem ser chamada de “o dízimo de satanás”.

Agora é só Baha’u’llah começar o seu reinado. O governo do Anticristo começa quando todos os sinais de feitiçaria e prodígios enganosos se retirarem. O artigo 174 do Kitab-i-aqdas exorta ao novo governante mundial a observar o novo Livro “divino” e suas leis quando o pombo místico (Baha’u’llah) se retirar da terra:

174. Ó povos da terra! Quando o Pombo Místico já tiver levantado vôo de Seu Santuário de Louvor e houver buscado a sua meta longínqua, sua habitação oculta, submetei tudo o que não entendais no Livro Àquele que proveio desta poderosa Estirpe.

E finalmente no Artigo 29 inicia-se o governo mundial. Nesse artigo Baha’u’llah se revela para o (*1) Anticristo, (1) a Maçonaria e a (1) Cabala como aquele que preenche a tabela cabalística com o número 9:

29. Dize: Este é aquele conhecimento oculto que jamais há de mudar, pois inicia-se com o nove, o símbolo que representa o Nome oculto e manifesto, inviolável e inacessivelmente excelso.

No artigo 84 Baha’u’llah elogia aqueles que seguem a sua lei:

84. Como é grande a bem-aventurança reservada ao rei que se levantar em auxílio à Minha Causa em Meu Reino, desprendido de tudo exceto de Mim!

No artigo 117 ele exorta a humanidade a cooperar com a Nova Ordem Mundial:

117. Ó Meu povo, auxiliai os Meus servos escolhidos que se levantaram para mencionar-Me entre as Minhas criaturas e para glorificar o Meu Verbo por todo o Meu domínio.

O auxilio aqui é a cooperação de cada cidadão global em aceitar a nova economia divina.

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. (Apocalipse 13 : 17)
Como não existira Torá, nem Bíblia, nem vergonha, nem decência ou alguma verdade no governo do anticristo, Baha’u’llah autoriza “o seu executivo mundial” a inverter o número 999 em 666 no artigo 157:

157. Vede: o “mistério da Grande Inversão no Símbolo do Soberano” tornou-se agora manifesto. Feliz quem “deus” (a ênfase em minúsculo é minha) ajudou a reconhecer o “Seis” erguido em virtude deste “Alif Aprumado”; ele, em verdade, é um dos que têm verdadeira fé

Conclusão: O espírito do engano (o falso espírito santo) também está presente no Islã, Catolicismo e principalmente no meio evangélico, onde muitos lideres são facilmente seduzidos pela avareza e cargos políticos no governo.


Referências:

“The Handbook of Jewish Thought” (Vol. 2).

http://www.aishbrasil.com.br/new/artigo_tudo.asp

http://www.aryehkaplan.com/
As leis do Kitab-i-aqdas
(*) O número um é atribuído somente para o trio perfeito do governo mundial formado pelo Anticristo (1) e a besta da Terra: cabala (1) e maçonaria (1); sendo que cada um deles é um nove perfeito.