27/03/2008

O segredo dos Illuminatis

Abdú’l’bahá também realizou palestras para os illuminatis em Nova York no seguinte endereço:
16 DE AGOSTO DE 1912
Palestra em Green Acre
Eliot, Maine
Registrada por Edna McKinney


Ele classificou essa sociedade secreta como a sociedade da inspiração ou da iluminação. Os texto que seguem em azul são palavras proferidas da palestra de Abdl’u’bahá::

“O quarto critério é o da inspiração. Em séculos passados, muitos filósofos reivindicaram iluminação ou revelação, anunciando suas afirmações pela proclamação de que "este assunto foi revelado por meu intermédio" ou "assim eu falo por inspiração." A esta categoria de filósofos pertenciam os Illuminati “

Observe que ele diz "pertenciam os illuminatis", isso ocorre por que Baha'u'llah veio cumprir e modificar seus ensinamentos. Agora a inspiração para estabelecer a nova ordem mundial, deve ser feita através da leitura dos livros sagrados, nesse caso o Kitáb-i-aqdas e outros livros de Baha'u'llah:

“as tradições e ensinamentos dos Livros Sagrados e comprovada pelas sugestões dos próprios corações humanos. É uma prova na qual podemos confiar.”

Mais adiante nessa palestra Abdu’l faz várias comparações com fenômenos naturais. O objetivo dessa comparação é ensinar os illuminatis a guardarem o segredo que foi revelado:

“...De acordo com as leis da natureza, ela deveria permanecer um segredo oculto, mas o espírito do homem a descobriu...”

Resumindo tudo isso Abdu’l pediu para que os illuminatis mantivessem em segredo o nome, o número e o sinal de Baha’u’llah (Apocalipse 13:17) até o grande dia da revelação. Como Abdu’l’bahá percebeu que essa sociedade continuaria secreta ele revelou que o sinal da unificação global será uma forma geométrica:

“Para assumir uma determinada figura ou forma ele tem de deixar sua forma ou dimensão anterior. Assim, a forma triangular deve ser abandonada para assumir a quadrada; o quadrado deve se transformar para se tornar um pentágono...”Seguindo essa sucessão geométrica chegamos ao hexagrama que é o símbolo da bandeira de Israel e o triangulo maçônico dos illuminatis (ou da maçonaria).

Na ilustração abaixo, que foi retirado de um site de maçonaria , está totalmente de acordo com os ensinamentos de Abdu’l. No centro do desenho temos três triângulos que formam uma figura geométrica de 9 pontas, o sol da verdade(Baha'u'llah) e dois feiticeiros ( Abesta de dois chifres) realizando um ritual de magia :


Para provar que realmente os illuminatis guardaram esse segredo durante séculos. Basta ler alguns artigos do site do David Bay (A espada e o Espírito) que possui muitos artigos sobre o tema . Os illuminatis dão pistas falsas sobre a verdade. Por exemplo: No artigo abaixo David Bay faz um estudo de todos os números que compõe o governo mundial, mas quando chega no número nove ele para e diz que não poderá continuar por falta de tempo:

4. Nove (9) é sagrado porque é o "primeiro cubo de um número ímpar (3)" [Van Buren, pg 40-41]. Nove também contém muitas propriedades matemáticas singulares, mas o tempo não nos permitirá examiná-las aqui.

Artigo na íntegra: http://www.espada.eti.br/n1478.asp

David Bay sabe que o número 999 é o mesmo que 666, mas não sabe quem está invertendo o número.

Os illuminatis maçônicos mentiram! Eles criaram várias técnicas logísticas ensinadas por Abdu'l'bahá e guardaram em segredo o nome do prometido assim como os praticantes de cabala fizeram.

Apenas como exemplo os illuminatis permitiram que Steve Jackson, criador das cartas do RPG Illuminati, vendesse o seu jogo desde que não revelasse o nome da besta. Quando cruzei informações pelo google consegui acesso a uma carta muito estranha do jogo de RPG onde diz: “I LIED”, ou em português “EU MENTI”. Abaixo uma cópia dessa carta:


A principal estratégia do Bahaismo consiste em esconder a verdade do maior número de pessoas possíveis.

Obs. Infelizmente no site do David Bay não existe nenhuma referência sobre a fé Bahá'i ou Baha'u'llah.