22 de ago de 2008

A mulher montada na besta parte III

Na parte I Dave Hunt, autor do livro “A mulher montada na besta”, não teve acesso sobre a influência Bahá’i durante o processo de criação do documento “Evangelicals and Catholics Together.”
Na parte II os católicos contestam o livro de Hunt de forma quase correta. Nessa última parte será visto como Dave Hunt interpretou errado as escrituras por não conhecer a obra de Baha’u’llah. Toda a confusão foi criada a partir da interpretação errada das 7 cabeças do versículo abaixo:

E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres. (Apocalipse 17 : 3)
1) AS SETE CABEÇAS (Os 7 reis espirituais também estão localizados em lugares diferentes AP -17:9).

A mulher assentada na besta apenas faz parte do governo mundial. Ela é apenas uma das nações que fazem parte da besta de dez chifres. As sete cabeças não tem nada haver com a mulher assentada na besta, pois elas se referem aos sete reis que fazem parte da árvore genealógica da besta do abismo, pois ele é o oitavo rei:

O profeta Daniel define o oitavo rei como um arrecadador da gloria que viveu na pérsia, pois o capítulo 11 é totalmente voltado para essa região do oriente médio.

E em seu lugar se levantará quem fará passar um arrecadador pela glória do reino; mas em poucos dias será quebrantado, e isto sem ira e sem batalha. (Daniel 11 : 20)

Baha’u’llah foi preso em Teerã (Pérsia-atual Irã) no ano de 1853 após dizer que era prometido de todas as religiões. E foi na prisão que ele escreveu a maior parte de seus livros. Ele não estabeleceu nenhum reino na terra, apenas criou o seu sistema de governo que está em fase de conclusão nos dias atuais pela ONU. Os sete reis da sua árvore genealógica encontram-se explicitamente escritos no site oficial da Casa universal de Justiça. E ainda está disponível para os cristãos mais incrédulos em formato PDF tanto a genealogia de Baha’u’llah como a do Anticristo, sendo esse da casa de Davi. Os cinco reis que caíram são:

E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo. (Apocalipse 17 : 10)

Moisés, Krishna, Zoroastro, Buda e Jesus Cristo

O que existiu na época foi Maomé (o sexto rei) e o outro que convém que dure pouco é o Báb (o sétimo rei). O arauto da Fé baha’i foi martirizado antes de completar 31 anos e teve apenas cinco anos de ministério em sua vida.

E finalmente Baha’u’llah:

E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição. (Apocalipse 17 : 11)


Mas o que o Senhor Jesus está fazendo como um das cabeças da Besta no governo de satanás? Ora, o nome dele foi tão blasfemado (e ainda é) que ele trocará de nome, mas o seu novo nome somente será revelado quando todas as obras da terra forem desfeitas.

A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome. (Apocalipse 3 : 12)

O nome de Jesus é blasfemado em sites católicos que atribuem mensagens canalizadas de espíritos demoníacos em seu nome, por falsos evangélicos como Billy Graham e no final dos tempos pelas Testemunhas de Yehoshua afirmando que Jesus é a besta. Definitivamente ELE precisa de outro nome.

Desfeito o engano sobre os sete chifres resta agora desfazer o mito da grande cidade ...

2) A babilônia Americana

E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres. (Apocalipse 17 : 3)

A mulher montada na besta apenas faz parte do sistema.Esse é o papel da ONU na nova ordem mundial de Baha’u’llah. A sede da ONU está em localizada em Nova York. Foi o próprio Abdu’l’Bahá (filho de Baha’u’llah) que “abençoou” o local onde a ONU foi construída:


“...Sua entrada portuária, suas pontes, prédios e largas avenidas são magníficos e belos. É realmente uma cidade maravilhosa. Como Nova Iorque teve todo esse progresso na civilização material, espero que também progrida espiritualmente no Reino e no Convênio de Deus, de modo que os amigos daqui possam se tornar causa de iluminação da América, que esta cidade se torne a cidade do amor e daqui as fragrâncias de Deus sejam difundidas para todas as partes do mundo. Eu vim para isso. Rezo para que vós sejais as manifestações do amor de Bahá'u'lláh... . “ (PALESTRAS PROFERIDAS POR 'ABDU'L-BAHÁ EM NOVA IORQUE E BROOKLYN 11 DE ABRIL DE 1912 Avenida West End, 780, Nova Iorque)


Os Estados Unidos representa exatamente isso hoje ´perante o mundo. Os outros motivos que levam a essa afirmação já foram escritos em um artigo do David Bay representado aqui no Brasil pelo site “ A Espada e o Espírito.”

David Bay apenas esqueceu de um detalhe: A Babilônia do Cap.17 também é os EUA, pois essa nação receberá punição dobrada. Um dos motivos é a apostasia que essa nação está fazendo no meio evangélico promovendo a reconstrução do paraíso na terra. Não serão poucos os evangélicos que serão tapeados pelo “amor” de Baha’u’llah. Essa pregação, o cristo cósmico que trará a paz na terra, causará futuramente o maior banho de sangue jamais visto antes.

E o outro pode ser visto no próprio símbolo da América a “ave fênix”. A fênix destrói a si mesma e depois ressurge das cinzas. É exatamente isso que os EUA fará em breve. O presidente americano usará de trapaça e feitiçaria ressurgindo novamente na nova ordem mundial de Baha’u’llah. É por esse motivo que a lei marcial foi aprovada durante o governo Bush muito antes dar início ao evento.