26 de mar de 2008

As conferências regionais do movimento gay


O conceito da unicidade global tem o objetivo de criar bastante confusão no mundo para retirar posteriormente Baha'u'llah do abismo (nesse caso entre Líderes evangélicos x gays). Quando ele for "acordado" se apresentará como síntese de todos os problemas da humanidade. A ONU pretende forçar os evangélicos a se organizarem em associações para participarem da grande assembléia espiritual (o parlamento das religiões), dessa forma eles poderão supostamente resolver essas contendas que foram fabricadas. Não que vão conseguir algo, mas somente aquilo que Baha’u’llah permitir. Veja como funciona uma verdadeira fábrica de discórdia abaixo:

Shoghi Effendi, Guardião da Fé Bahá'í, em seu livro chamado às nações declara que "para a revelação de tão grande favor" é indispensável que o mundo esteja cheio de imoralidade e perversão social:
"Para a revelação de tão grande favor, parece ser indispensável um período de turbulência intensa e sofrimento geral. Por mais resplendente que fosse a Era que testemunhou o início da Missão da qual Bahá'u'lláh foi incumbido, torna-se cada vez mais evidente que o intervalo que deve haver, antes de serem produzidos por essa Era seus mais escolhidos frutos, há de ser sombreado por tal negrura moral e social"

Partindo desse princípio a Casa Universal de Justiça começa a elaborar documentos inspirados nas Leis do Kitab-i-aqdas (o verdadeiro livro da besta). Nesse caso usam o artigo 162:

162. Se Ele decretar lícito o que desde tempos imemoriais fora proibido, e se proibir o que sempre se considerara legítimo, a ninguém é dado o direito de Lhe questionar a autoridade.

Veja que nessa lei não existe certo nem errado! Ou seja, o governo da besta não liga a mínima em admoestar, exortar e corrigir os erros da humanidade. Esse é o "pastor" gerador de contentas profetizado por Zacarias:

Porque, eis que suscitarei um pastor na terra, que não cuidará das que estão perecendo, não buscará a pequena, e não curará a ferida, nem apascentará a sã; mas comerá a carne da gorda, e lhe despedaçará as unhas. (Zacarias 11 : 16)

Após elaborarem os documentos eles são encaminhados para a ONU- ECOSOC (conselho econômico e social) ; nesse caso são documentos relacionados a diversidade gay.

Como os governantes não são muito inteligentes a ONU envia um representante para lembra-los sobre a "importância" da [1] diversidade gay e também com o objetivo de conseguir [2] patrocinadores para o plano de sete etapas de mudança do comportamento.
No ano passado o Brasil recebeu a visita de uma funcionária da ONU e ativista gay chamada Louise Arbour. Apesar da Agência Brasil não ter divulgado Louise realizou manobras políticas nas mais diversas ONGS gays. O resultado disso é que nos dias 29,30 de março e 6 de abril de 2008 vai ocorrer a maior conferencia gay de todos os tempos em São Paulo.
Notícia:
Governo do Estado de São Paulo inicia série de conferências regionais GLBTT
Construir um Estado que ofereça condições de igualdade de direitos a gays, lésbicas, bisse- xuais, travestis e transe- xuais (GLBTT). Este é o objetivo da série de seis conferências regionais que as cidades de Guarujá, Araraquara, Bauru, São José dos Campos, Piracicaba e São Paulo sedirão nos dias 29, 30 de março e 6 de abril. Os eventos, coordenados por uma comissão composta pelas secretarias estaduais da Justiça e da Defesa da Cidadania, Saúde, Educação, Cultura, Segurança Pública e Relações Institucionais, além da sociedade civil e da Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual (Prefeitura da capital), são uma prévia para a I Conferência Estadual GLBTT, que será realizada entre os dias 11 e 13 de abril, na capital...
Leia mais no site abaixo (se agüentar é claro!)

Conclusão: Toda tentativa de criar uma nova legislação passa primeiro pela Casa Universal de Justiça, depois é encaminhada para a ONU, um agente da ONU (ou melhor um agente humano de satanás) é enviado para cada país, esse cuida do financiamento da campanha e depois são realizados os fóruns globais.
____
[1] A diversidade gay conta pontos preciosos para os países candiados ao conselho de segurança da ONU como o Brasil.
[2] A fundação Rockefeller (dona da metade do mundo) sempre investe muito nesse novo mercado de imoralidade (filmes$, revistas$,boates$ e claro depois de tudo isso medicamentos$).