10 de out de 2008

999 - O lastro de ouro da economia "divina"

Devido ao aumento da crise financeira mundial, a criação da moeda universal está cada vez mais próxima. Em breve Baha’u’llah, o deus estranho que foi descrito pelo profeta Daniel, repartirá a terra por preço entre seus líderes mundiais, ou seja o seu executivo mundial (Anticristo) e seus nove mestres eleitos:

Com o auxílio de um deus estranho agirá contra as poderosas fortalezas; aos que o reconhecerem multiplicará a honra, e os fará reinar sobre muitos, e repartirá a terra por preço. (Daniel 11 : 39)

No livro “A proclamação de Bahha’u’llah” ele descreve tão grande é essa causa, a unidade da humanidade. E aqueles Reis que o servirem serão coroados com a glória de seu governo:

“..Quão grande ventura espera o rei que se levantar a fim de promover Minha Causa em Meu Reino, desprendendo-se de tudo menos de Mim! Tal rei é contado entre os companheiros do Arco Rubro, Arco este que Deus preparou para o povo de Bahá...”

Mas o sistema econômico da besta também precisará de lastro de outro. E nem mesmo o ouro escapa da nova ordem mundial de Baha’u’llah, pois esse também possui a sua assinatura ocultista em número de Bahá (nove).

O ouro puro é denominado ouro 1.000 ou 24 quilates (24K). Na realidade, o ouro nunca tem uma pureza total e a classificação mais alta cai para 999 pontos. O ouro 24K dito como 100% puro eqüivale a 999 pontos na escala européia.


.

Dez motivos para investir em ouro:

1. O ouro é a única "moeda" que não está sob o controlo de qualquer governo e que por esse motivo não está sob as influências politico-partidárias.

2. O excesso de liquidez global e o crescimento da oferta monetária estão a provocar uma desvalorização do papel-moeda.

3. O ouro é, como sempre foi, uma valor de refúgio em cenários de crise. Enquanto as tradicionais formas de investimento, como aforros e acções vão, em épocas de tensão e instabilidade dos mercados, falhando a pouco e pouco, o ouro tem demonstrado nas últimas centenas de anos, uma clara evolução positiva nos seus resultados, tanto em épocas estáveis como instáveis.

4. Segundo o World Gold Council, todo o minério de ouro extraído na história da humanidade, ascende a cerca de 153.000 toneladas. Equivale a cubo tão alto como a Estátua da Liberdade em Nova Iorque. As reservas de ouro que ainda restam, segundo fontes estatísticas, não superarão as 50.000 a 60.000 toneladas. Com a extracção aurífera actual de 2.900 toneladas, estima-se que num prazo de 12 a 15 anos se extrairá da terra a ultima onça de ouro.

5. A população mundial cresce cerca de 100 milhões de habitantes por ano. Este crescimento exponencial da população, acrescido da limitada disponibilidade de recursos naturais como o petróleo, o ouro, a prata, a platina e outros metais, provocará certamente uma subida ainda maior do preço do ouro.

6. Existe uma evidente correspondência entre o valor do petróleo e o valor do ouro. É por isso bastante provável que o preço do petróleo continue com a sua tendência de crescimento ajudado pelo aumento dos consumos de crude de algumas economias em desenvolvimento, como a China, a Índia e o Sudeste Asiático.

7. O apreço pelo ouro nos países com economias emergentes. A legislação chinesa alterou-se recentemente de forma a permitir aos investidores particulares a compra de ouro. A China apresenta uma das mais elevadas percentagens de investimento do mundo. Por outro lado, a Índia é o maior consumidor mundial de ouro e nesta sociedade, o ouro tem um papel preponderante. De acordo com diversas previsões demográficas, a Índia superará muito em breve a China no ranking de países com o mais elevado número de habitantes.

8. O ouro é um investimento de elevada liquidez. É tanto um activo financeiro como uma moeda. São muito poucas as formas de investimento que possam ser convertidas tão rapidamente em dinheiro como o ouro: sem penalizações, sem tempos de espera e sem condições adicionais.

9. A esta tendência têm estado atentos os grandes investidores que já começaram a comprar ouro em elevadas quantidades. Esta situação também contribuiu para o enorme aumento do preço do ouro o que tem permitido nos últimos anos extraordinários rendimentos na ordem das duas casas percentuais.

10. Para tudo isto tem também contribuído a isenção de impostos (IVA) sobre o ouro de investimento através do Regime Especial do Ouro Art.º 3º (Dec-Lei 362/99 de 16/Setembro. Agora também poderá beneficiar desta isenção legal investindo em OURO DE INVESTIMENTO SEM IVA.
http://www.ouroalgarve.com/ouro_de_investimento