29 de out de 2008

O Huqúqu'lláh

A frase abaixo prova definitivamente que o Senhor Jesus ou DEUS não tem parte alguma nesse governo:
"...Se volvermos o olhar ao passado, se investigarmos a Bíblia e o Alcorão, prontamente reconheceremos que nem a Dispensação Cristã nem a Islâmica podem oferecer um paralelo, quer ao sistema de Economia Divina tão cuidadosamente estabelecido por Bahá'u'lláh.." (Shoghi Effendi - O Guardião da fé)
Bahá'u'lláh sabia muito bem que antes da instalação da sua Nova Ordem Mundial o mundo passaria por várias crises financeiras. Por esse motivo, o cálculo do Huqúqu’lláh (uma espécie de dízimo dobrado menos um ) e feito em ouro. O correto seria 20 mithqals, mas como número de Bahá (9) deve estar em todas as esferas do governo o valor foi fixado em 19.

Segundo os princípios econômicos deixados por Baha’u’llah, o huququ’llah é um exemplo da futura conversão para a nova moeda global através do ouro. É importante lembrar que o ouro de 24 k possui 999 de pureza, ou seja, o número que representa a sua nova ordem.

O Huqúqu'lláh é o montante a ser pago pelos Bahá’is para a manutenção de suas instituições.Ele é divido em três categorias de mithqals e os valores à serem pagos são calculados em Onças Troy. A Onça Troy é uma antiga medida inglesa de peso, equivalente a 31,10 gramas. É por esse motivo que o Executivo mundial (o Anticristo) precisa ser inglês. Somente ele pode requerer o lastro em ouro divino e criar o banco mundial de Baha’u’llah, comprovando o seu sangue real.

Para uma renda de $ 6.700 que deve pagar 19 mithqals em onças (2.225) ao governo mundial o cálculo seria o seguinte:

09 mithqals = 32.775 gramas = 1.05374 onças troy
19 mithqals = 69.192 gramas = 2.22456 onças troy
95 mithqals = 345.958 gramas = 11.12282 onças troy


Vamos imaginar que o ouro esteja cotado em $400

$ 400 * 2.225 = $890

6,700 / $890 = 7.53 (o número 7.53 é arredondado para 7)

890 * 7 = $6,230 (o valor final é calculado sobre 0,19 que corresponde a 19 mithquals)

6230 * 0,19 = $ 1183,70

Se esse mesmo valor fosse calculado sem o uso do mithqals ficaria: 6700 * 0,19 = $ 1273.

É por esse motivo que a onça troy sempre se destaca em crises econômicas como na notícia abaixo:

Noticia em português de Portugal:
Ouro ultrapassa os 1030 dólares a onça com crise económica
Os preços do ouro encontram-se a disparar para valores recorde, estando os investidores a procurar desesperadamente um activo seguro onde investidor, tendo em conta a queda acentuada do dólar norte-americano e o aumentar das preocupações sobre o sector financeiro dos Estados Unidos.

o preço da onça 'troy' de ouro era negociada nos mercados internacionais a 1023,95 dólares, depois de ter atingido já um máximo nos 1030,80 dólares.
http://diarioeconomico.sapo.pt/edicion/diarioeconomico/internacional/mercados/pt/desarrollo/1101577.html

A reestruturação da economia através do ouro de forma alguma cancela a Taxa Tobim (o futuro imposto global. Mas só existe uma forma desses ajustes “divinos” serem aplicados em escala mundial. Compete a comunidade Bahá’i adestrar os líderes mundiais através de reuniões sobre crises financeiras. Não que eles conseguirão resolver esse problema, mas isso faz com que eles desenvolvam o espírito de unidade.
Em uma de suas palestras sobre economia, a pena de Abdú’l’Bahá (filho do profeta Baha’u’llah) deixou essa ordem escrita para a comunidade Bahá’i :

“...Os fundamentos de toda a condição econômica são de natureza divina e estão associados ao mundo do coração e do espírito. Isto está perfeitamente explicado nos ensinamentos bahá'ís, e sem conhecimento de seus princípios não se pode realizar qualquer melhoria na condição econômica. Os bahá'ís irão realizar esta melhoria e aperfeiçoamento...” PALESTRA PROFERIDA POR 'ABDU'L-BAHÁ EM BOSTON 23 DE JULHO DE 1912 Palestra no Hotel Victoria Boston, Massachusetts

Desenvolver o espírito de unidade nos líderes mundiais é a principal meta da fé, pois em quanto Bahá’u’llah não for retirado do abismo, vamos continuar assistindo um festival ridículo de notícias apresentadas pela mídia globalista sobre economia.
Sem a sua retirada do abismo e o seu sinal unficador (a estrela de nove pontas), os líderes mundiais não aceitarão o fim da especulação financeira para estabelecer a economia da divina.

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. (Apocalipse 13 : 17)

Referência:
http://bahai-library.com/uhj/huququllah.questions.html