15 de ago de 2008

A infiltração de seitas no meio evangélico

Muitas igrejas evangélicas estão como na foto acima usando a Bíblia e o compasso maçônico. Essa prática de seitas infiltradas nas igrejas foi descrita pelo Apóstolo Paulo no livro de atos:

Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho; (Atos 20 : 29)

Nos dias atuais, a maçonaria e outras seitas encontram-se infiltradas em muitas igrejas pregando a nova ordem mundial de Baha'u'llah (mesmo sem o conhecer) , onde será estabelecido uma comunidade mundial que trabalhará unida pelas metas do milênio. As cruzadas mundiais, promovidas por líderes “evangélicos” como Billy Graham, possuem esse objetivo.

E que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si. (Atos 29: 30)

Mas pela notícia abaixo o combate às seitas parece estar incomodando algumas denominações. E isso mesmo antes do início das cruzadas Babilônicas de Billy pisarem em terras tupiniquins.


OPINIÃO PÚBLICA IMPEDE ESTUDOS DO CPR

Cruzada de Combate às Seitas
Desejando cooperar com as igrejas na evangelização de seus bairros, propus estudos durante algumas semanas com testemunhos de ex-adeptos de algumas seitas e de igrejas complicadas. O tema do evento - Cruzada de Combate às Seitas - foi sugerido pelo jovem Marcos Habib, ex-mórmon. Nenhum custo financeiro haveria para as igrejas. Tão somente a cessão do espaço e num dia normal de reunião no meio da semana. O CPR custeou a impressão do convite e bancou a sua distribuição de casa em casa com o objetivo de convidar e já evangelizar os vizinhos.


Inicialmente os estudos em Guapimirim seriam realizados na 1ª Igreja Batista de Guapimirim, às quintas-feiras, começando no dia 24/07 e terminando no dia 28/08. Tudo acertado com o pastor Walter que informou acerca de sua saída da igreja para breve. Mas continuaria no pastorado mesmo residindo em outra cidade até a posse do novo pastor. Impressos os convites, quatro membros do CPR estiveram em Guapi no domingo 20/07 e entregaram de casa em casa cerca de 1.500 convites. Na noite daquele domingo eu preguei na igreja e Marcos Habib deu um breve testemunho de sua conversão a Cristo. Na terça-feira 22/07 o pastor Walter me telefonou dizendo que estava havendo confusão na igreja por causa do convite distribuído. Considerando sua ausência da cidade, achou melhor suspender os estudos, pelo que se desculpou.


Na quinta-feira imediata estive presente na igreja (mesmo sabendo que não poderia dar o estudo) para informar a transferência dos estudos para a 1ª Igreja Batista de Parada Modelo, na mesma cidade, a partir da quarta dia 30/07. Após o culto, dois líderes conversaram comigo alegando que vizinhos de alguns membros não haviam gostado de suas igrejas serem tachadas de seitas. Alegaram aqueles irmãos que a cidade é pequena (35.000 hab) e era melhor e prudente suspender os estudos. Disseram que se eu não colocasse os nomes das seitas, não teria havido problema. No domingo 27/07 cheguei àquela igreja no final do culto matinal e ainda pude conversar com outro líder que confirmou a reação dos membros pela reclamação de alguns vizinhos. Mas, recebi por e-mail de um membro em 23/07/08 a mensagem abaixo. Achei por bem omitir seu nome.
Oi irmão Paulo
Me chamo XXX e freqüento a igreja Batista em Guapimirim. Minha família é toda da igreja. Bom, mas eu estou aqui para registrar algo que me deixou chateado. Fui informado de que o curso foi cancelado por supostamente estar havendo um "fuzuê" por causa disso. Sinceramente, é lastimável o que estas pessoas fizeram. Eu digo que não está havendo fuzuê nenhum por parte dos não-crentes. É um pequeno grupo mesmo que se doeu por isso. Fiquei muito chateado com esta atitude. Desculpe meu vocabulário mas minha indignação não tem formalidades. No mais, lamento e peço desculpas em nome dos que esperavam ansiosos por aprender mais.


Bem, se foram alguns membros da igreja ou vizinhos dos membros (amigos incomodados), não importa. A experiência serviu para evidenciar algumas fraquezas da igreja que precisam ser corrigidas. Verdade é que alguns dizem haver na igreja certos maçons. Dizem ainda que certos membros (seriam os maçons?!) impedem o crescimento da igreja por exercerem domínio sobre os demais membros. Mais uma razão para a igreja clamar a Deus por libertação de tais jugos que a oprimem.
Que o novo pastor a ser escolhido pela igreja seja um homem de caráter para dar continuidade ao ministério exercido ali pelo pastor Walter Júnior que agora pastoreia a Igreja Batista de Rio Prata, Bangu (Rio).


Naquele mesmo domingo telefonei para o pastor da igreja em Modelo a fim de confirmar a distribuição dos convites para os estudos a partir da quarta 30/07. Disse ele que recebera telefonemas de alguns membros da igreja em Guapi alertando-o quanto aos problemas havidos naquela igreja e que ele tomasse muito cuidado. Achei melhor conversar pessoalmente com ele na quarta 30/07 antes dos estudos.
Lamentavelmente, o joio continua crescendo no meio do trigo e mostrando seu poder de domínio e controle das igrejas. Que os verdadeiros servos de Jesus Cristo saibam se posicionar a favor do Evangelho.
Veja abaixo a carta que enviei à 1ª Igreja Batista de Guapimirim no domingo 27/07/08 e o teor do convite distribuído.
Paulo C Pimentel
pastor batista e presidente do CPR
em 29/07/08
http://www.cpr.org.br/Cruzada_de_Combate_as_Seitas.htm

Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem. (Lucas 21 : 36)