8 de set de 2008

Silas Malafaia e os meninos medíocres

Após uma série exaustiva e longa de propagandas como a vendas de materiais “evangélicos” diversificados, o então Pastor deu a sua resposta curta e extremamente grosseira dizendo que não pertence a Maçonaria.
Esse senhor usou as palavras (medíocre e meninos) para se referir ao ótimo trabalho de combate às seitas realizado pelo CPR e se não bastasse tudo isso ele também usou o versículo abaixo não como uma admoestação (que seria o correto), mas apenas para justificar o uso de suas palavras grossas aqui citadas:

Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. (Efésios 4 : 14)

A caso o trabalho de combate às seitas possui algum caráter infantil ou medíocre? De forma alguma! Os maçons usam a Bíblia, a cabala, a Alquimia ,a umbanda e até mesmo a fé Bahá’i. A diferença é que as suas interpretações são totalmente erradas.

Para seduzir um líder evangélico como esse, basta lhe oferecer métodos de crescimento de igrejas com ensinamentos maçônicos que eles nem vão procurar ou consultar a Bíblia para saber se isso realmente procede de DEUS. Esses ensinamentos fazem parte da primeira parte da apostasia da nova ordem mundial. Compete aos líderes “evangélicos” americanos como Billy Graham e Rick Warren promover essa apostasia no maior número de Igrejas possíveis pelo mundo.

A segunda etapa é moldar o espírito do líder para que ele se transforme em um servo de Baha’u’llah. O espírito de Baha’u’llah molda o caráter do ser humano até que ele entre no vale da Unidade para obedecer as leis do Kitáb. É nesse vale que todas as pessoas que não o conhecem devem estar posicionadas para o dia da sua revelação. Ninguém melhor do que o guardião da fé "Shoghi Effendi " para nos explicar esse fenômeno espiritual:

“A Ordem Mundial de Bahá'u'lláh liberou estas forças continuará, em Sua sabedoria inescrutável e por seu poder onipotente, a moldar e dirigir o curso deles para a glória, a emancipação final, e o reconhecimento absoluto de Sua Fé.” (do livro: A ordem Mundial de Baha’u’llah).

As hostes espirituais do mal trabalham de forma intensa pelo controle mental desses pastores através de seitas, do G12 ou qualquer outra técnica.

Agora vamos mostrar como esse pastor se transformou em um servo de Baha’u’llah:

Durante a sua declaração ele diz que convive com todas as seitas. Uma seita apóstata como o G12, segundo esse “pastor”, possui os mesmos objetivos que os seus. O que muda são apenas as técnicas de abordagem ao público.


Esse senhor pastor (pois para ele somos todos "meninos" brincando com o evangelho) não sabe, mas ele observa o mundo com o olhar da UNIDADE (o sétimo vale de Baha’u’llah). Os sete vales, ou os sete trovões do Apocalipse, são responsáveis pela modificação do comportamento da maior parte de todos os seres humanos.

E clamou com grande voz, como quando ruge um leão; e, havendo clamado, os sete trovões emitiram as suas vozes. (Apocalipse 10 : 3)

Essas vozes rugem como leões procurando a quem possa tragar:

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; (I Pedro 5 : 8)

Eis aqui uma das suas vozes:

O Vale da Unidade
“Ele contempla todas as coisas com a vista da unicidade, e vê os brilhantes raios do sol divino, que emanam do ponto do alvorecer da Essência.”

A unidade nesse caso é a financeira. Sabendo que teria uma maior audiência na TV, o programa desse pastor, apresentado no dia 07/09/08, vendeu uma série de artigos primeiro; e somente no final ele disse o seu grosseiro “Não” e outras palavras como resposta.

Uma vez tragado pelo vale da unidade, ele já está preparado para obedecer (mesmo que de forma involuntária) a nova ordem mundial. Por exemplo: O convívio com todas as religiões e uma ordem explícita de Baha’u’llah que encontra-se descrita no artigo K75 do seu Kitab-i-aqdas:

K-75...”Eis, veramente, um sinal de Minha amorosa providência, a qual abrangeu todos os mundos. Convivei, pois, com os seguidores de todas as religiões, e proclamai a Causa de vosso Senhor, o Mais Compassivo. É esse o próprio diadema de todos os atos, se sois dos que compreendem...”

Mais adiante nesse programa, ele dá 3 “conselhos” sem qualquer base ou consulta Bíblica para as pessoas investigarem a verdade que são: 1) Duvidar, 2) Criticar e 3) Determinar. Ou seja, use a sua intuição e não a Bíblia.


E termina o seu curto pronunciamento dizendo: “vocês acreditem se quiserem”. O relativismo, a descrença e a incapacidade de reconhecer o seu próprio erro são características do vale do Amor:

O Vale do Amor
“..O viajante torna-se agora inconsciente de si próprio e de tudo além de si. Não vê a ignorância nem o conhecimento, nem a dúvida nem a certeza; não distingue entre a manhã da orientação e a noite do erro. Foge tanto da crença como da descrença..”


Isso foi apenas um pequeno exemplo do que os sete vales, nesse caso apenas dois, podem fazer até mesmo com um líder cristão desinformado. E agora com o coração totalmente inclinado para o reino de abhá (o reino da unidade) nada melhor do que esse senhor pastor ser condecorado pela ONU, o embrião da nova ordem mundial e a paz global de satanás:

Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede. (Isaías 5 : 13)