17 de set de 2008

iPhone 3G chega ao Brasil

O Iphone (que integra o ipod, telefone e comunicador da internet) até que é um pouco interessante, mas para promover a unidade da humanidade e a revelação de Baha’u’llah ainda é necessário a sua integração com a TV.


Notícias:

iPhone 3G deve custar média de 1.500 reais com plano de 200 reais no Brasil

São Paulo - Primeiro lote do iPhone 3G chegou nesta quarta-feira (17/09) ao Brasil. Fontes afirmam que Vivo venderá aparelho por R$ 1.500.

O primeiro lote do iPhone 3G chegou ao Brasil na manhã desta quarta-feira (17/09). Ele lote deve atender os clientes que fizeram a reserva do aparelho da Apple na operadora Vivo.

Fontes ligadas às negociações afirmaram que o preço médio do iPhone 3G, pela Vivo, será de 1.500 reais, com plano mensal de 200 reais - o qual deve incluir serviço de voz e dados.

A média de 1.500 reais é válida para os modelos de 8GB e 16GB, que devem ter uma diferença pequena. Os preços também podem sofrer variações conforme o plano contratado.

Este valor é bastante alto se compararmos a outros países da América do Sul, como Argentina e Chile, onde o iPhone 3G custará o equivalente a 570 e 187 reais, respectivamente.

http://idgnow.uol.com.br/telecom/2008/09/17/iphone-3g-deve-custar-media-de-1-500-reais-com-plano-de-200-reais-no-brasil/


Celular que também é Tv digital tem tecnologia nacional

O ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, conheceu nesta segunda-feira (15) o primeiro aparelho celular com capacidade de receber sinais de televisão digital. O equipamento, tecnicamente denominado de Aparelho de Recepção de Sinais de Televisão Digital Móvel, foi apresentado pelo presidente da empresa Semp-Toshiba, Afonso Antônio Hennel.

Projetado e desenvolvido no Brasil com tecnologia nacional o aparelho teve a participação do Instituto Eldorado e do Centro de Pesquisa Avançada Wernher Von Bronn, para a sua produção, entidades que se valeram dos benefícios proporcionados pela Lei de Informática.

Para o ministro Rezende, o modelo de celular demonstra a capacidade dos técnicos do País e o estágio avançado da tecnologia brasileira no setor eletroeletrônico. Além disso, revela a segurança que o setor privado sente na política econômica e nos planos que o governo tem para a área científica e tecnológica para o País, para ampliar seus investimentos.

A Semp-Toshiba é uma das grandes empresas do setor eletroeletrônico, com atuação nas áreas de áudio, informática e áudio e vídeo. Há cinco anos entre os maiores fabricantes de microcomputadores do País, a empresa tem unidades de produção em Salvador (BA) e em Manaus (AM), onde fabrica televisores, DVD, equipamentos de áudio e, agora, telefones celulares.