20 de abr de 2008

A Bússola de Ouro


Philllip Pullman, autor dessa trilogia, é um ateísta convicto. Os ateísmo pode ser resumido de duas formas:

Na primeira dizem que não acreditam em DEUS e que a Bíblia é uma mentira. Eles também tentam provar essa tese ridícula procurando contradições na Bíblia.

Na segunda eles responsabilizam DEUS por todos as coisas erradas que acontecem na terra. A pergunta mais usada é: Se DEUS existe por qual motivo ele permite que tantas coisas ruins aconteçam?

Com esse pensamento o autor Phillip Pulmam criou a personagem principal do livro o “ pó da verdade” que seria o responsável por tudo que acontece nos mundos.

O pó da verdade se comunica com a personagem Lyra através da sua mente, materializa as cenas dentro da bússola e também influencia os corações e mentes dos adultos.

A ditadura religiosa do filme tenta de todas as formas controlar o pó da verdade antes que as crianças se transformem em adultos, dessa forma eles pretender ter o controle não só das crianças, mas de todos os mundos e criar uma sociedade que obedeça a legislação espiritual de forma incondicional.

Infelizmente tudo isso não está longe da verdade. A única diferença que os ateístas não conseguem entender é que o responsável por esses eventos é o Diabo e não Deus! Esse pó pode ser comparado com o espírito da Besta ou o ministério da injustiça que está totalmente operante nos dias de hoje:

Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; (II Tessalonicenses 2 : 7)


Assim como no filme a bússola de ouro, o físico britânico Peter Higgs partirá no ano que vem em busca da partícula de DEUS. O objetivo não é outro senão materializar o sinal da besta nessa dimensão, mas serão poucos o que terão acesso a imagem e a voz da besta. Globalização significa dividir a sociedade apenas em dominantes e dominados.

Os dominantes não querem que os dominados descubram a verdade de seus planos. É exatamente isso que está acontecendo! Em seu discurso na ONU o Papa Bento XVI falou como um baha’i e não como um cristão (se é que algum dia ele foi um), ele está seguindo as mesmas ideologias e metas estabelecidas por Baha’u’llah o que leva a crer que ele sabe muito bem quem ele foi, mas oculta essa informação dos católicos.

Os governantes também receberam as metas mundiais estabelecidas por Baha’u’llah e estão seguindo a risca, mas escondem isso da população.

O resultado disso é que o Ministério da injustiça da ONU começa a ser admirado até por evangélicos e nem precisou que a Besta fosse retirada do abismo para isso.

Homossexuais admiram o governo mundial por esse aprovar e lutar pelos seus atos pervertidos, mal sabendo eles que serão apenas escravos do governo por serem extremamente materialistas.

O magistério do filme é um governo ditador teocrático e a sua marca ou sinal é vista em todas as partes da cidade como o símbolo soberano. A ONU pretende implantár em breve o bahaismo como religião global usando o nome, número é sinal de Baha’u’llah (a besta do abismo) que será auxiliado por seus representantes na terra o Anticristo e o falso profeta (O papa).

Sem dúvida o “pó da verdade” é o próprio ministério da Injustiça operando, arrastando e seduzindo a maior parte da população para o governo mundial, por esse motivo as autoridades do magistério tentam de todas as formas dominar os futuros cidadãos (as crianças) através de vacinas ou tentando separar as suas almas dos corpos por meio de experiências.

As almas das personagens do filme ficam separadas do corpo e são representadas por animais chamados de demônios. Os demônios, ,Daimon, Daimonos, Daemones, Daemon ou Daemonus são semelhantes aos anjos guardiões invocados pela Igreja Romana e na umbanda são conhecido como orixás.

Na mitologia grega de Platão esses demônios acompanham as pessoas durante toda a sua vida e na morte conduz as almas para Hades ou para satanás no inferno.

Durante o filme são travadas várias batalhas e quando as pessoas morrem seus animais, que representam as almas, se transformam em pó, ou seja, o mesmo pó que está dentro da bússola de ouro (a mesma visão de Platão), por esse motivo a bússola de ouro não contem o pó da verdade é sim o da mentira. Assim como no filme o objetivo final da ONU ou das leis do Kitab-i-aqdas ( que representa a Bússola de ouro) é conduzir a humanidade para o inferno.