20 de jan de 2008

A origem da I guerra mundial

Isso aqui você não vai ler nos livros de história.

EPISTOLAS DE BAHÁ'U'LLÁH A NAPOLEÃO III

Bahá'u'lláh revelou duas epístolas para Napoleão III, sendo a primeira entre 1866 e 1867 em Adrianópolis e a segunda entre 1868 e 1870 na prisão em Akká.
Durante o tempo que esteve preso em Akká ele recebeu sonhos e visões sem qualquer base Bíblica [1] sobre a sua missão global.

A primeira epístola chega a elogiar o imperador, mas na segunda epístola...As ameaças são claras e objetivas. Abaixo segue um pequeno trecho da segunda epístola:


Por causa daquilo que fizeste, o teu reino será lançado na confusão; e o teu império passará das tuas mãos, como punição pelo que perpetraste.Então saberás que erraste claramente... Vemos a humilhação aproximar-se de ti rapidamente, enquanto estás desatento.(...)
Mas a arrogância de Napoleão ultrapassou até mesmo a de satanás. Dizem que ele respondeu o seguinte: "Se este homem (baha’u’llah) é Deus, então eu sou duas vezes Deus". Infelizmente não é possível ter a veracidade dessa informação, mas quanto a epístola ela realmente foi enviada para Napoleão Bonaparte.

O que Baha’u’llah quis dizer para Napoleão é que se ele não aceitasse participar na construção da Nova Ordem Mundial ele iria perder todo o seu império. E foi exatamente isso que aconteceu. Agora você sabe como realmente Napoleão perdeu a guerra.

Quantas pessoas morreram nessas duas guerras fabricadas pela ONU! E mesmo nos dias de hoje; se os soldados brasileiros que estão no Haiti ou os americanos no Iraque soubessem que estão trabalhando para estabelecer o reino da Besta não teriam tanto orgulho dessa missão inútil.

Desde então Bahá'u'lláh começou a revelar uma série de epístolas dirigidas a outros reis e governantes do Seu tempo. Entre os destinatários encontravam-se o Imperador Napoleão III (assunto desse artigo), a Rainha Vitória, o Kaiser Guilherme I, o Czar Alexandre II, o Imperador Francisco José, o Papa Pio IX, o Sultão ‘Adbu’l-Aziz e o Xá da Pérsia, Nasiri'd-Din.Nestas epístolas Bahá'u'lláh anuncia publicamente a sua missão de criar o seu reino com uma legislação global na terra. Fala do surgimento de uma nova era e adverte os governantes para acontecimentos catastróficos na ordem política e social do mundo.

As ameaças estão contidas na epístola enviada ao Imperador Napoleão Bonaparte, são um exemplo de que a [2] Nova Ordem Mundial surgira no meio de um caos total na terra.

NOTAS:

[1] - A única referencia Bíblica sobre esses sonhos está descrita em Apocalipse capítulo 13. Com relação a visão de Anjos anunciando um novo evangelho a Bíblia é muito clara sobre isso:

Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. (Gálatas 1 : 8)

[2] – 'Abdu'l-Bahá reitera este ensinamento :
"Os soberanos do mundo devem firmar um tratado obrigatório e estabelecer um convênio, cujas disposições serão claras, invioláveis e definitivas. Devem proclamá-lo a todo o mundo e obter a sanção da raça humana...


... O princípio fundamental subjacente a este Pacto solene deve ser tão forte que, se qualquer governo, mais tarde, violar qualquer das suas provisões, todos os governos da terra se devem levantar para o reduzir à absoluta submissão, ou melhor, a raça humana como um todo deve decidir, com todo o poder ao seu dispor, destruir esse governo."

Não só o governo, mas também os cristãos que não cooperarem com a nova e terrível legislação global de Baha’u’llah (Espiritual e material) serão destruídos.

E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. (Apocalipse 13 : 15)


'Abdu'l-Bahá citado em :