29 de set de 2007

As regiões celestiais do Mal


Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. (Efésios 6 : 12)

Infelizmente muitas pessoas não lutam contra as regiões celestiais, mas procuram manter contato com esses habitantes e muitos adoram essas criaturas. O que deu origem a todas as religiões pagãs foi o acesso a essas regiões celestiais, onde cada demônio se transportou para luz e se consagrou como deus.

As tribos indígenas como os Maias, por exemplo, acessavam as regiões celestiais usando alucinógenos. A escolha do feiticeiro ou curandeiro era feita da seguinte forma: os pretendentes ao cargo se reuniam e começavam a consumir drogas, alguns sentiam euforia, mas outros despertavam o sentido espiritual e se comunicam com essas criaturas, dessa forma era eleito o Pagé ou o feiticeiro da tribo.
Existem outras formas de acesso sem o uso de drogas, como por exemplo, o “desenvolvimento espiritual” que é muito praticada no espiritismo.


A influencia espiritual maligna pode ser vista em duas passagens Bíblicas uma no Velho testamento através da Rainha dos Céus e outra no Novo com a deusa Diana dos Efésios:

1) A Rainha dos céus:
Durante o velho testamento alguém teve acesso as regiões celestiais (se foi com uso de drogas ou magia só Deus sabe) e começou a divulgar e adorar a rainha dos céus.

Mas certamente cumpriremos toda a palavra que saiu da nossa boca, queimando incenso à rainha dos céus, e oferecendo-lhe libações, como nós e nossos pais, nossos reis e nossos príncipes, temos feito, nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém; e então tínhamos fartura de pão, e andávamos alegres, e não víamos mal algum. (Jeremias 44 : 17)

2) A deusa Diana:
No novo testamento a tática foi mudada. Alguém achou ou fez uma imagem da deusa Diana e recebeu uma orientação demoníaca contando uma mentira para os supostos lideres religiosos da cidade dizendo que a imagem de diana desceu de Júpiter, que por sua vez divulgaram ao povo dando origem ao mito lucrativo chamado deusa Diana.
Então o escrivão da cidade, tendo apaziguado a multidão, disse: Homens efésios, qual é o homem que não sabe que a cidade dos efésios é a guardadora do templo da grande deusa Diana, e da imagem que desceu de Júpiter? (Atos 19 : 35)

Essas criaturas podem estar mentindo (no caso da deusa diana) ou não (no caso da rainha dos céus). Isso é tão real que os próprios “profetas da nova era” dizem que suas profecias possuem apenas 50% de acerto.

QUANDO profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio,
E suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los;

Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova, para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma.

(DEUTERONÔMIO 1-3)

Leitura complementar: