9 de mai de 2008

Três maneiras de aceitar a "paz" global


“Se essa paz será alcançada somente depois de horrores inimagináveis, precipitados pelo apego obstinado da humanidade a velhos padrões de comportamento, ou se será concretizada agora através de um ato de vontade coletiva - eis a escolha que se oferece a todos os que habitam a Terra.” Texto bahá’i extraído do livro Promessa da paz mundial que foi entregue ao presidente “lula”.


Esse trecho é muito forte: “horrores inimagináveis “ quer dizer então que vale tudo em nome da nova ordem mundial! Apesar da fé Bahá’i oferecer duas opções “civilizadas” para estabelecer a nova ordem que são: pela dor ou pela vontade coletiva, existem três opções para que esse plano se concretize:


1) Pela dor

Quanto mais uma nação ou país lutar contra a instalação da nova ordem, mais ele será devastado até que aprenda a aceitar a unidade ou unicidade global.
A unicidade global está descrita na etapa 4 do plano de mudança de comportamento (o sete vales) que consiste em: ajuntar todas as nações na grande assembléia mundial.

O recente desastre supostamente natural que aconteceu em Mianmar é um exemplo de como a nova ordem tentar destruir a antiga ordem para se estabelecer. Na tentativa de escapar da globalização a junta militar de Mianmar está aceitando a ajuda internacional, mas não a presença de estrangeiros no seu território:

http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080509_mianmarsexta_ba.shtml

Quando um país aceita a unicidade pela dor ele começa a receber a ajuda coletiva da ONU para a sua reconstrução. Isso está acontecendo com a Indonésia. Após o tsunami , a ONU começou a se infiltrar nesse pais através da UNICEF que completou a construção de centenas de escolas que podem se vistas nos links abaixo:

http://www.unicef.org/emerg/disasterinasia/index_42214.html
http://www.unicef.pt/artigo.php?mid=18101112&m=3&sid=1810111225

A mudança de comportamento começa pelas crianças através da Unesco/Unicef. Infelizmente os livros escolares aprovados pela UNESCO são inspirados nos ensinamentos de Baha’u’llah (especialmente na área de ciências). Afinal quem dará o veredito final sobre os sinais "divinos" será a ciência, por isso as crianças precisam ser bem condicionadas. Vale apena lembrar que muitos pequenos também aceitarão a marca.

E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, (Apocalipse 13 : 16)
Nesse caso eles implantaram na Indonésia o vale número 1 (o vale da busca) que consiste em destruir totalmente a verdade absoluta não só entre as crianças, mas também em toda a população através de diversos métodos. Dessa forma o país vai continuar prosseguindo até que se chegue na etapa 4 dos sete vales.


2) Pela paciência

Talvez esse seja o caso de Mianmar!


Os sete vales também pode ser usado não só para controlar a população, mas também para manipular governantes. Nesse caso o primeiro vale (o vale da busca) exorta os globalistas a terem paciência para instalar a nova ordem mundial:

“O corcel desse Vale é a paciência; sem a paciência o peregrino dessa jornada não chegará a parte alguma e não atingirá nenhum alvo. Jamais deveria ele desanimar; ainda que se esforce por cem milhares de anos e, contudo, não logre contemplar a beleza do Amigo, nem assim deveria vacilar.”

O texto acima pode ser resumido da seguinte forma: Caro governante não desanime nunca na sua jornada rumo a Nova Ordem mundial, pois você ainda vai adorar a besta.

Cuba foi um exemplo disso! Após décadas o afastamento do ditador comunista Fidel Castro finalmente aconteceu. O sistema “castrista” de governo começou a ser dissolvido gradativamente pela ONU para dar lugar a nova ordem mundial:

Notícia:
Cuba assina acordos sobre direitos humanos com a ONU
por jpereira — Última modificação 02/03/2008
Como uma de suas primeiras medidas após assumir o governo cubano, Raúl Castro adere aos pactos sobre Direitos Civis e Políticos e de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais.
http://www.brasildefato.com.br/v01/agencia/especiais/cuba-fidel/cuba-firma-acordos-sobre-direitos-humanos-com-a-onu

E assim Cuba também começa dar os seus primeiros passos rumo ao vale número 4 (o vale da unidade).

3) Pela vontade coletiva

O Brasil é um ótimo exemplo sobre isso. A ambição dos governos de direita e esquerda em acumular riquezas para as sua próprias famílias fizeram com que aceitassem facilmente a nova ordem.
A devastação das industrias brasileiras pelo governo Collor, as privatizações do governo FHC, a imoralidade do governo “lula” e as terceirizações colocaram o Brasil em um estágio avançado de decadência moral e putrefação.
Basta observar as letras das músicas de hoje, os programas de televisão, a propaganda em favor do homossexualismo e claro - a corrupção. Somos obrigados a viver afligidos tampando os ouvidos e se desviando o tempo todo, mas o livramento e a redenção do espírito não tardará:

E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis
(Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, vendo e ouvindo sobre as suas obras injustas);

Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados; II pedro 2 (7:9)