28 de dez de 2007

Para onde a Agenda 21 está levando a Sociedade - II


A agenda 21 é apenas um esboço da futura legislação global, onde cada país elabora a sua agenda local e posteriormente as divergências entre as nações serão resolvidas no grande parlamento mundial; existem duas áreas onde a agenda está sendo implantada que merecem destaque:

Religião: A teologia da prosperidade, que é aplicada em algumas ”igrejas evangélicas”, tem colaborado com o governo mundial sobre tudo na aquisição de riquezas e luxos desnecessários. Isso é um pouco suspeito, pois essas supostas igrejas passam a impressão de que estão interessadas em um assento no parlamento das religiões e por isso estão cumprindo as metas estabelecidas na agenda 21, essa sem dúvida é uma maneira muito estranha de combater a pobreza.


Política: Acordos com as mais diversas finalidades são fechados em várias partes no mundo inteiro visando uma cooperação entre as nações, e não com a população que a cada dia perde o seu poder de aquisição salarial.

Essas duas áreas possuem algo um pouco assustador, pois apesar da agenda 21 continuar em andamento até os dias de hoje, ela continua conflitante devido a implantação do processo dialético, em fim, ela só poderá ser implantada mundialmente se acontecer um “despertar espiritual” em todas as pessoas, ou seja, o governo mundial primeiramente precisa passar por uma reforma espiritual e posteriormente por outra financeira, em outras palavras as pessoas precisam estar totalmente admiradas com a besta para segui-la.

A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá. (Apocalipse 17 : 8)



A influencia do bahaismo no parlamento das religiões:


Para que esse “despertar espiritual” se concretize, o parlamento das religiões define metas que serão adotadas em todo o planeta nos mais diversos fóruns religiosos.
O bahaismo possui total influência no parlamento das religiões, basta acessar o link abaixo e observar a figura geométrica no topo do site:

http://www.cpwr.org/


Observe que a figura geométrica no topo do site possui nove pontas. Apenas com esse símbolo já temos dois itens descritos em Apocalipse (13:17) que são: o sinal e o número da besta que é 9.
A marca da Besta já não é mais segredo algum, eles não estão nem disfarçando e nem escondendo nada, mas voltando ao número 9, lembre-se que o número 6 foi invertido por que satanás se transportou para luz. O número nove também está presente em praticamente todo o comercio tentando iludir a população sobre o valor real da mercadoria, por exemplo: lojas que vendem produtos de R$.1,99. Por esse motivo ele passa uma falsa sensação de paz e enganação.

Claro que o parlamento das religiões precisa de um alto financiamento, para isso eles contam com o Banco mundial que pode ser visitado no link abaixo:

http://www.worldbank.org/


A divisão da sociedade global e o objetivo final da agenda 21

A população está sendo divida em dois grandes grupos que são:

1) Aqueles que receberão de satanás uma visão total do governo (os chifres da besta) e o conhecimento necessário para tentar transformar essa fábula de Paraíso na terra em realidade.

2) Aqueles que receberão apenas a visão final do governo e serão guiados pelos chifres da besta.

Essa divisão social formada por: senhores e escravos (ou também poderíamos dizer hipnotizadores e hipnotizados), é chamada pela ONU de “aldeia global”, onde todos devem participar e cooperar com a salvação da mãe gaya.
Isso prova que a marca da besta é um sinal de devoção e amor não só a Besta, mas também um sinal de cooperação e preservação do planeta.

O que está por traz de todos os eventos da agenda 21 são acordos e metas que estão transformando as leis do kitab em realidade, é isso em todas as áreas sociais da humanidade. Para que o assunto não fique extenso de mais, as leis do Kitab pretendem transformar a terra, de forma gradativa, em um paraíso idêntico aos folhetos que são distribuídos pelas testemunhas de Jeová.